musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - BABEL - APOCALIPSE 16 - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Babel letra


Eu não entendi o que ele falou
Eu não entendi o que ele falou
(Eu num entendi o que ele falou)
(Eu num entendi o que ele falou)
(Eu num entendi o que ele falou)

Você fala e eu não entendo
Resmunga alguma coisa, continuo não sabendo (Ronaldo)
Tento responder, mas você fica mudo
Pergunto pra mim mesmo: Será que ele é surdo?
Ele fica ali parado, espantado, me olhando

Acho que se duvidar ele também tá pensando
Que eu não escuto, que também sou surdo
Mas não é nada disso, a gente só não se entende
Somos a mesma criatura em sintonias diferentes
Com ambições parecidas e feições semelhantes

Lhe mostro minha carteira e seu olho fica grande
Saco uma de 100 e sua mão se estende
Penso comigo memo: Acho que isso ele entende
Guardo ela no bolso e num é que o safado então me cruza os braços
Vira as costas e sai andando
E me deixa ali sozinho, plantado, falando

Babel
Onde as pessoas não se entendem
Falam em línguas diferentes
Querem o bem, mas fazem o mal

Babel
Todos querem sua parte
Seja em dólar ou real
Euro ou metal

Babel
Jogam um jogo desleal
Um zigurate de mentira
Uma torre surreal
Babel, Babel, Babel, Babel
Babel

Uns minutos antes eu tava andando pela rua
Passei por um farol de uma esquina escura
Mó breu, pouco carro, nem uma viatura
Ganhei um neguin que colou numa perua
Uma tia sozinha num carro bacana

O neguinho bate no vidro e pede uma grana
A tiazona diz que não e desencana
Ele fala outro idioma, pra ela é de outro mundo
O neguin ficou bravo, o neguin ficou fulo
Levantou a blusa e sacou de uma tremenda quadrada, cromada

Que iluminou mais que a Lua aquela madrugada
A caranga num é blindada e o neguin ganhou a fita
Deu três teco no peito daquela coroa rica
Que ficou sangrando ali
E o neguin saiu vuado, mandou um "hasta la vista"

Deu linha na pipa, largou na minha mão
Mas que BO pra eu segurar
Fui de perto dá um confere, cheguei junto pra olhar
Num tinha o que fazer, então saí para buscar
Alguém em São Paulo que pudesse ajudar

Encontrei um panguão que não era sangue bom
Disse que a coitada tava pra morrer
Ofereci dinheiro pra ele ir junto socorrer
Só que ele ignorou, virou as costas e vazou
Eu disco 190 no primeiro orelhão

Só sinal de ocupado, hum, explode coração
Na terceira atendeu, alô corporação
Tá ruim a ligação e a atendente não me entende
Que cidade decadente, mas que final cruel
E nessa noite lá se vai outra filha de Babel

Babel
Onde as pessoas não se entendem
Falam em línguas diferentes
Querem o bem, mas fazem o mal

Babel
Todos querem sua parte
Seja em dólar ou real
Euro ou metal

Babel
Jogam um jogo desleal
Um zigurate de mentira
Uma torre surreal
Babel, Babel, Babel, Babel
Babel

Babel, Babel, Babel, Babel
Babel
Babel, Babel, Babel

(Eu num entendi o que ele falou)
(Eu num entendi o que ele falou)
(Eu num entendi o que ele falou)
(E brilha muito no Corinthians)
(Eu num entendi o que ele falou)
(Eu num entendi o que ele falou, falou, falou, falou, falou)

Apocalipse 16 - Letras

©2003 - 2022 - musicas.mus.br